ESFORÇOS DE CORTE NA FURAÇÃO DO AISI 304 COM APLICAÇÃO DE NANOFLUIDO MLG EM RQL

por: Andressa Caroline da Silva Carvalho, André J. Souza, ROGÉRIO GELAMO

Acessar artigo completo



Ano: 2019

Instituições de ensino: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Icte

Idioma: Portugues

Logo-abcm-300
Logo-cobef-2019



Resumo

O processo de furação caracteriza-se por apresentar dificuldades em relação à formação e à remoção do cavaco da região de corte, e à geração de altas temperaturas devido ao cisalhamento e encruamento do material no fundo do furo, principalmente na usinagem de aços inoxidáveis austeníticos. Tais dificuldades são intrínsecas aos esforços de corte gerados durante o processo. Assim, o trabalho analisou a influência do grafeno multicamadas (MLG) disperso em fluido de corte nas variáveis respostas força de avanço (Ff) e do momento torsor (Mt) gerados durante a furação do AISI 304 utilizando broca helicoidal de metal-duro revestida com TiAlN. Como fatores controláveis, foram consideradas três variáveis de entrada em três níveis cada (velocidades de corte: vc = 25, 45, 65 m/min; avanço: f = 0,07, 0,11, 0,15 mm/rev.; vazão de fluido: q = 1,5, 2,0, 2,5 l/h). A aplicação do nanofluido foi feita externamente utilizando a técnica de quantidade reduzida (RQL). O desempenho do RQL+MLG foi avaliado pela comparação com o RQL sem adições. Como resultado, observou-se que Ff e Mt sofreram alguma influência de vc e/ou q. Por fim, não se pôde afirmar que a aplicação do nanofluido trouxe mais benefícios que o RQL sem MLG.


Palavras chave

Acessar artigo completo




Comentários



Veja outros trabalhos acadêmicos

Outros conteúdos

Fórum

Tire suas dúvidas e ajude outras pessoas no CIMM:

Faça uma pergunta