Ferramenta digital inédita no Brasil cota peças usinadas instantaneamente

“Cota Rápido” realiza orçamentos de forma imediata, em apenas um clique, oferecendo rapidez e eficiência para as empresas comprarem peças usinadas spot.

A precificação de peças é um antigo problema do mercado de usinagem. A ausência de padronização de variáveis que compõem os preços (que estão muito além dos custos hora/máquina) causa bastante ineficiência no processo de precificação e, consequentemente, nas cotações de peças usinadas

Para facilitar o dia a dia das empresas que diariamente dependem do envio de orçamento pelos fornecedores, a Peerdustry Usinagem Conectada reuniu os seus times de Engenharia e Tecnologia e desenvolveu a ferramenta digital Cota Rápido, uma plataforma de cotação instantânea de peças usinadas. Com apenas um clique, e em alguns segundos, é possível obter uma cotação que pelo método tradicional demoraria dias para ser enviada. 

“O desenvolvimento da ferramenta exigiu muito conhecimento técnico, tanto de programação quanto dos processos de usinagem. Para chegarmos ao resultado atual, nossas equipes de tecnologia e engenharia trabalharam em conjunto. Depois de uma série de ajustes e testes, estamos confiantes de que a plataforma vai agregar muito no mercado de usinados brasileiro, trazendo preços instantâneos para diferentes cenários de matérias-primas e tamanhos de lote”, diz Larissa Nobre, da equipe de Tecnologia da Peer. 

A nova solução da Peer possibilita, além da cotação, a compra de peças usinadas em apenas três passos. Após o envio do desenho técnico da peça em formato 3D, basta cotar e comprar a peça. De acordo com um mapeamento feito pela empresa, o método tradicional de compra de peças usinadas é composto por 12 passos, o que mostra a eficiência da Cota Rápido.

ferramenta digital cota peças usinadas instantaneamente
Imagem: Divulgação

“A Peerdustry cuida de todo o processo, garantindo que as empresas compradoras economizem muito tempo, desde o desenvolvimento de fornecedores, passando pelos processos de compras e acompanhamento de produção, além da parte de qualidade e logística. Como a Peer faz tudo isso para seus clientes, sobra tempo para eles investirem no core business”, detalha Bruno Diesel Gellert, CEO da Peerdustry. 


Continua depois da publicidade


O principal objetivo da Peerdustry é descomplicar, de uma maneira rápida, funcional, eficiente e segura, a rotina de empresas que gastam incontáveis horas com o processo de compra de peças usinadas. 

“A Cota Rápido vai transformar a forma tradicional de cotação utilizada no mercado de usinagem. Nossa plataforma emprega alta tecnologia e consegue fornecer cotações por unidade e para pequenos lotes. Sabemos que comprar lotes otimizados gera uma grande economia para as empresas que compram peças usinadas. É uma forma segura e rápida de cotar e comprar peças”, diz Thiago Petrone, diretor de Tecnologia na Peer. 

Principais vantagens de uma Plataforma de Cotação Instantânea:

  • redução do tempo de resposta de cotação
  • simulação de cenários, variando materiais e quantidades
  • inovação digital no mercado de usinagem
  • auxílio aos parceiros comerciais em suas próprias cotações 
  • compra fácil e gerenciada pela Peer, poupando tempo e recurso dos clientes

Neste primeiro momento, a versão beta da Cota Rápido está disponível para empresas pré-cadastradas.  A Peer está buscando empresas inovadoras e tecnológicas para testarem a ferramenta nesta fase inicial. A intenção é ter um período de testes para realizar ajustes na plataforma, em alinhamento com o feedback dos usuários. As empresas interessadas em testar a plataforma de cotação instantânea devem se inscrever em https://conteudo.peerdustry.com/cote-pecas-usinadas-instantaneamente.

O lançamento oficial da campanha da cotação rápida acontecerá no dia 01/08, às 17h, virtualmente. No bate-papo será feito um panorama geral da campanha de cotação rápida da Peer, desde o uso do formato 3D, até as funcionalidades da plataforma.

Novo ebook

Simultaneamente à plataforma Cota Rápido, a Peerdustry também está lançando o e-book Desenho técnico: por que usar modelagem 3D?, com foco em peças usinadas. 

A intenção é ajudar empresas compradoras de peças usinadas que ainda não utilizam ou  que estão em processo de implementação da modelagem 3D. “Desenvolvemos esse material para auxiliar as empresas na análise de como o formato se encaixa em suas rotinas, para atender às suas demandas. Isso é essencial para que elas possam investir, com segurança, em um software. Aliás, muitos softwares são modulares, o que significa que as empresas podem investir inicialmente apenas nos módulos com funcionalidades adequadas às suas necessidades. Isso as torna mais competitivas”, explica Thiago Petrone,diretor de Tecnologia na Peerdustry. 

Na plataforma Cota Rápido, por exemplo, os usuários devem fazer o upload de seus desenhos técnicos invariavelmente em modelagem 3D, formato STEP AP 242 ou STL e tamanho de até 10 Mb.

Imagem de capa: Depositphotos.com




Comentários