Empresa química levanta R$ 500 milhões em debêntures que serão destinados a nova unidade na Bahia

Iniciativa da Unigel garante estrutura de capital adequada para início dos investimentos na nova unidade de produção de ácido sulfúrico em Camaçari (BA).

A Unigel - uma das maiores empresas químicas da América Latina e líder na fabricação de estirênicos, acrílicos e fertilizantes nitrogenados do país - anuncia emissão de 500 milhões em debêntures em sua primeira operação no mercado de capitais local. Com prazo de vencimento de 5 anos e taxa de CDI + 2,10%, as debêntures foram emitidas em série única e distribuídas para diversos fundos de investimento nacionais em oferta coordenada pelos bancos Itaú BBA (coordenador líder) e Safra. Com a oferta, a Unigel diversifica seu acesso a fontes de financiamentos e dá sequência a processo iniciado em 2018, ano da primeira emissão de bonds no mercado internacional.

Em 2021, a Unigel entregou resultados em nível recorde, com receita de R$ 8,5 bilhões, EBITDA ajustado de R$ 1,7 bilhão e lucro líquido de R$ 882 milhões. Com posição de caixa confortável, a empresa encerrou o ano com alavancagem líquida de apenas 1,2 x EBITDA. Os recursos da debênture emitida neste mês de abril garantem estrutura de capital adequada para que a Unigel dê início aos investimentos em uma nova unidade de produção de ácido sulfúrico em Camaçari (BA), onde está localizado o Polo Petroquímico de Camaçari e unidades de produção da Unigel em seus três segmentos de negócio: estirênicos, acrílicos e agro.

“Ao longo dos últimos anos, a Unigel adotou uma estratégia financeira conservadora, ao mesmo tempo em que conseguiu fazer os investimentos necessários para aumentar a integração entre os ativos e trazer ganhos de escala. Assim como a entrada em operação da Unigel Agro, em 2021, que permitiu à empresa se tornar autossuficiente em amônia para a produção de acrílicos, a produção de ácido sulfúrico também deve otimizar as operações da Unigel e proporcionar um aumento das margens operacionais nos próximos anos”, afirma Daniel Zilberknop, CFO da Unigel.


Continua depois da publicidade


A nova fábrica de ácido sulfúrico terá capacidade de produção de 450 mil toneladas por ano de ácido sulfúrico, além de produzir 50 mil toneladas por ano de oleum e gerar energia na forma de vapor, que será utilizada nas plantas de estirênicos e fertilizantes localizadas no polo petroquímico da Bahia.

Tópicos:



Comentários