Siemens leva a digitalização ao mundo das máquinas-ferramenta por meio do conceito de Digital Interprise na Expomafe 2019


Continua depois da publicidade


Empresa demonstrou como as soluções de digitalização de ponta a ponta funcionam desde a máquina-ferramenta até o nível de gerenciamento corporativo e a nuvem.

Com o objetivo de auxiliar as indústrias a inserirem sua cadeia de produção no mundo digital, a Siemens apresentou suas soluções integradas para o setor durante a Expomafe. Utilizando o conceito de Digital Enterprise, a empresa apresentou soluções práticas para a digitalização na cadeia produtiva, desde o design do produto até a análise de dados de produção.

Sob o lema “Digitalização na Fábrica de Máquinas-Ferramenta – refletindo sobre os próximos passos da indústria” a empresa demonstrou como suas soluções integradas de software e hardware formam uma conexão perfeita entre o mundo virtual e o real para o desenvolvimento e a fabricação de produtos, contribuindo para aumentar a conectividade e transparência de dados, além de reduzir o time-to-market de fabricação de máquinas e aumentar a produtividade dos usuários finais.

“Com essas inovações e práticas das áreas de digitalização, automação e tecnologia, que ajudam tanto fabricantes quanto usuários de máquinas-ferramenta a aproveitar o enorme potencial que a digitalização oferece, queremos impulsionar parcerias que otimizem de forma efetiva os modelos de negócios de nossos clientes”, afirma José Moreira, gerente da unidade de negócios Motion Control e responsável pelo tema Digital Enterprise da Siemens no Brasil.

Um exemplo disso foi demonstrado no estande, onde foi apresentada uma fábrica virtual de bebidas, pela qual se pode observar o conceito de gêmeo virtual, simulação, comissionamento virtual, eficiência energética e indústria 4.0 aplicados à realidade dos fabricantes.

Dentro dos conceitos de manufatura digital, foram demonstradas as concepções e simulações virtuais de uma planta fabril, além de estudos de células com simulação humana e robótica com realidade virtual e soluções para planejamento e execução da manufatura. Técnica importantes como otimização topológica para a redução de massa, modelamento convergente para o uso da manufatura aditiva, simulação da mecatrônica no conceito do projeto e engenharia preditiva com simulação de movimentos e estruturas, também foram utilizadas durante a exposição.


Continua depois da publicidade


Soluções customizadas para diferentes necessidades da indústria

As mais recentes inovações CNC (Comando Numérico Computadorizado) para aplicações de fresamento e torneamento, máquinas de tecnologia mista, manufatura aditiva, robótica e até comissionamento virtual, puderam ser vistas nos comandos SINUMERIK 828D e SINUMERIK 840D com telas modernas no formato 16:9, com funcionalidade multitoque e áreas de exibição adicionais, que permitem que a área expandida de telas maiores seja utilizada de modo ideal.

A empresa também apresentou o comando SINUMERIK 808D ADVANCED, que impulsiona as máquinas básicas de torneamento e fresamento. Os CNCs de uma das líderes em tecnologia global, aliados a um conceito operacional revolucionário, fazem do SINUMERIK 808D ADVANCED uma alternativa muito interessante.

Para simular o sistema operacional atual dos CNC´s  Siemens 828D/840D SL, o Sinumerik Operate, a Siemens apresentou também o Simulador CNC Sinutrain 4  .7, que proporciona um ambiente real de trabalho de operação e programação CNC e está disponível para download gratuitamente na página da empresa. Essa solução pode ser utilizada inclusive como extensão da sala de aula, visto que os alunos usuários podem ter a própria licença instalada em suas máquinas.

Na parte de serviços a empresa ainda apresentou duas novidades: O Sinumerik Integrate e o Omative. O primeiro permite a conexão de máquinas para monitoramento de dados críticos de manutenção, gerenciamento de ferramentas de usinagem e análise de desempenho de produção OEE. Já o Omative é voltado para os ganhos de performance na área de produção, com diminuição dos tempos de ciclo de usinagem, monitoramento de vibração e quebra de ferramenta.

Um dos grandes diferenciais apresentados foi a conexão dos produtos expostos ao MindSphere, solução que consiste em um sistema operacional aberto para a Internet das Coisas (IoT)  baseado em nuvem, que permite conectar máquinas e infraestruturas físicas ao mundo digital, transformando dados em conhecimento e viabilizando novos modelos de negócios digitais. 




Comentários