por Vinicius Callegari    |   02/02/2022

A indústria de base em 2022 e suas expectativas de crescimento

A indústria de base e, especificamente, a indústria siderúrgica, obtiveram recorde de receita nos últimos dois anos (2020 e 2021), devido a diversos fatores, principalmente pelo câmbio favorável. Graças a esse setor, é possível enxergar uma perspectiva de crescimento interessante na economia brasileira. Segundo pesquisa realizada em dezembro do ano passado pela Secretaria de Política Econômica (SPE), do Ministério da Economia, o crescimento do PIB foi de 5,3% em 2021.

Sabemos que sempre é um grande desafio manter a roda girando e entregar resultados cada vez mais relevantes consistentemente, mas a certeza que empresários e participantes da indústria podem ter é que a tecnologia e a inovação continuam sendo essenciais para o desenvolvimento. A tendência é vermos cada vez mais players criando soluções com base em IoT, geoprocessamento, central de BI, entre diversos outros recursos.

As empresas de siderurgia, mineração, como também de construção civil, que estão se destacando no mercado possuem parceiros de tecnologia que ajudam na transformação cultural e digital, desenvolvendo relacionamentos de longo prazo que culminam inclusive em novos produtos e soluções. É motivante notar que as startups se mostram cada vez mais interessadas no ramo e já podemos vislumbrar que a união de grandes companhias tradicionais com iniciativas enxutas e baseadas em alta tecnologia, como é o caso do ecossistema de startups no Brasil, implicará em avanços cada vez mais eficientes para todo o país.

Em minha opinião, o grande segredo para quem quer se destacar em 2022 está no que comentei acima: investir no parceiro certo de tecnologia. O uso do IoT, o leilão do 5G ocorrido ano passado e os avanços na telemetria e geoprocessamento podem ser caminhos interessantes para se trilhar. Esperamos que a indústria de base evolua lado a lado com a economia nacional e internacional, pois isso contribui na geração de empregos, crescimento do setor e ajuda a sociedade como um todo.

E você, o que espera desse novo ano?

O conteúdo e a opinião expressa neste artigo não representam a opinião do Grupo CIMM e são de responsabilidade do autor.

Vinicius Callegari

Cofundador e Head de Desenvolvimento Comercial da GaussFleet, maior plataforma de gestão de máquinas móveis para mineradoras e siderúrgicas.


Comentários