AVALIAÇÃO DA REFRIGERAÇÃO POR AR GELADO NO PROCESSO DE TORNEAMENTO

por: Saulo Melotti, Rodrigo Keller, Ariel Rezende

Acessar artigo completo



Ano: 2019

Instituições de ensino: SENAI, Pontifícia Universidade Católica, SENAI

Idioma: Portugues

Logo-abcm-300
Logo-cobef-2019



Resumo

Nos processos de usinagem, o corte de material resulta em aquecimento da ferramenta/ peça e a remoção de calor é geralmente realizada pela aplicação de agentes lubri-refrigerantes. Como alternativa ao meio de refrigeração convencional (fluído de corte líquido em abundância), o ar gelado é uma opção que proporciona vantagens por evitar a falha da ferramenta por choque térmico e consequentemente reduzir o desgaste da ferramenta. Outra importante vantagem é apelo ambiental, visto que não há necessidade de descarte de fluído. O presente artigo traz uma comparação entre o desempenho do ar gelado gerado com o tubo de vórtice e o fluído refrigerante líquido. A avaliação ocorreu no corte do material aço SAE 4340 pelo processo de torneamento. Como resultado, observou-se uma durabilidade de aproximadamente 25% maior na vida da ferramenta arrefecida com ar gelado para o conjunto de parâmetros de corte e configuração do sistema de ar gelado adotados.


Palavras chave

Acessar artigo completo




Comentários



Veja outros trabalhos acadêmicos

Outros conteúdos

Fórum

Tire suas dúvidas e ajude outras pessoas no CIMM:

Faça uma pergunta