EFEITO DA ADIÇÃO DE GRAFENO EM FLUIDO DIELÉTRICO UTILIZANDO EDM EM AÇO RÁPIDO ABNT M2

por: Tiago Napolitano, luciano fernandes, ROGÉRIO GELAMO, RAPHAEL SILVA LINS

Acessar artigo completo



Ano: 2019

Instituições de ensino: Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Icte, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Idioma: Portugues

Logo-abcm-300
Logo-cobef-2019



Resumo

Este trabalho apresenta resultados relacionados ao uso de nanofluidos compostos da adição de nanopartículas de grafeno ao fluido dielétrico empregado no processo de usinagem não tradicional por descargas elétricas por penetração em regime de desbaste. Mesmo sendo o primeiro processo não tradicional que se popularizou na indústria, referido apenas por processo EDM (Electrical Discharge Machining), este até o presente tem sido objeto de estudo na questão de otimizar de parâmetros experimentais em termos da integridade superficial aliado com taxa de remoção de material. O material usinado neste trabalho foi o aço rápido ABNT M2 e a proposta foi à análise da taxa de remoção de material, relação de desgaste e a qualidade superficial do processo relacionando tais resultados ao uso de fluido dielétrico com e sem adição de nanopartículas de grafeno. Utilizando-se da adição de nanopartículas de grafeno à concentração de 120mg/l observou-se um aumento nas taxas de remoção de material e de relação de desgaste sem qualquer alteração da qualidade superficial uma vez que não houve mudança na rugosidade superficial Ra e Rz indicando novas possibilidade de uso desse nanofluido na área de usinagem.


Palavras chave

Acessar artigo completo




Comentários



Veja outros trabalhos acadêmicos

Outros conteúdos

Fórum

Tire suas dúvidas e ajude outras pessoas no CIMM:

Faça uma pergunta