ANÁLISE DE RESINAS PARA MANUFATURA ADITIVA POR DLP

por: João Lovo, Ellen Masalskas, Ricardo Nisioka Kimura, VALERIA MEIRELLES CARRIL ELUI, Carlos Fortulan

Acessar artigo completo



Ano: 2019

Instituições de ensino: Universidade de São Paulo, Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, Universidade de São Paulo, Universidade de São Paulo

Idioma: Portugues

Logo-abcm-300
Logo-cobef-2019



Resumo

O desenvolvimento da Manufatura Aditiva (MA) nas quatro últimas décadas, possibilita hoje, enorme liberdade geométrica e de materiais na confecção de produtos. Os processos baseados em fotopolimerização como DLP (Digital Light Processing) se destacam dentro da MA por utilizarem máquinas consideravelmente acessíveis, produtivas e de alta resolução. O objetivo desse trabalho foi o de selecionar e caracterizar algumas resinas comerciais, utilizadas para MA por fotopolimerização em cuba e assim detectar a tendência daquelas consideradas de alto desempenho. Corpos de prova foram impressos por DLP e submetidos aos ensaios de tração, compressão e flexão. Também foram verificadas as composições químicas de cargas inorgânicas presentes nestas resinas e sua correlação com as propriedades mecânicas. Dentre as quatro resinas analisadas, a mais resistente (contendo Ba, Al e Si), atingiu 50 MPa em tração, 97 MPa em compressão e 67 MPa em flexão, valores notavelmente interessantes para aplicações sob carregamento. Os resultados e qualidade das peças obtidas, com as resinas testadas, estimulam a ampliação do uso dos processos de MA por fotopolimerização em cuba bem como a proposição de resinas compósitas, tanto na pesquisa, quanto em na fabricação de produtos em geral.


Palavras chave

Acessar artigo completo




Comentários



Veja outros trabalhos acadêmicos

Outros conteúdos

Fórum

Tire suas dúvidas e ajude outras pessoas no CIMM:

Faça uma pergunta