Fabricante de embalagens sustentáveis investe R$ 710 milhões em nova fábrica em MG

A Canpack aumentará sua capacidade de fabricação de latas de alumínio para bebidas em Poços de Caldas.

A Canpack S.A., parte do Grupo Canpack e fabricante global de embalagens sustentáveis, anunciou na última quarta-feira (27) que aumentará sua capacidade de fabricação de latas de alumínio para bebidas com uma nova unidade de produção em Poços de Caldas, no Estado de Minas Gerais, Brasil. Autoridades da Canpack, juntamente com autoridades estaduais e locais e líderes de desenvolvimento econômico, anunciaram conjuntamente a nova instalação após a aprovação do projeto no mesmo dia, com incentivos de desenvolvimento econômico fornecidos pelos governos estadual e local.

O investimento total anunciado pela empresa é de aproximadamente R$ 710 milhões (US$ 140 milhões). O anúncio desta nova fábrica ocorre poucos meses após a empresa se comprometer a investir R$ 360 milhões (US$ 70 milhões) em uma fábrica de latas de alumínio para bebidas em Manaus (Amazonas). O valor total de ambos os investimentos ultrapassa R$ 1 bilhão.

A construção da unidade de Poços de Caldas está prevista para começar no último trimestre de 2022, e a operação da planta está prevista para começar no primeiro trimestre de 2024. A capacidade total inicial instalada da nova planta será de aproximadamente 1,3 bilhão de latas por ano, e seus volumes serão voltados para atender a demanda dos clientes brasileiros. A expectativa é que a nova planta de produção traga cerca de 140 empregos diretos de alta qualificação para a região de Poços de Caldas.

“Estamos dedicados à indústria brasileira de embalagens e fortalecemos nossa presença nesse mercado dinâmico desde a aquisição da Cia Metalic em dezembro de 2016”, afirma André Balbi, Diretor de Operações do Grupo. “Este novo investimento, juntamente com nossos outros investimentos atualizados no Brasil, nos dará uma melhor posição para atender às crescentes necessidades de nossos clientes por latas de bebidas e termina não apenas no Brasil, mas na região da América do Sul.” acrescenta Balbi.


Continua depois da publicidade


De acordo com a Associação Brasileira de Produtores de lata de alumínio (Abralatas), o mercado brasileiro de bebidas é o 3º maior mercado de latas de alumínio do mundo, atingindo 33,4 bilhões de latas vendidas em 2021, um crescimento de 5,2% em relação a 2020, com uma taxa de reciclagem de 98,7%, uma das mais altas do o mundo.




Comentários