Empresas Randon alcançam marca histórica de R$ 2,5 bi de receita líquida em um primeiro trimestre

Indicador do primeiro trimestre de 2022 representa maior patamar para um primeiro trimestre na história da companhia.

As Empresas Randon alcançaram mais um trimestre de crescimento de receitas e de boa performance operacional. A receita líquida no primeiro trimestre de 2022 somou R$ 2,5 bilhões, aumento de 29,5% na comparação com o mesmo período do ano passado. Esse é o maior patamar para um primeiro trimestre em toda história da empresa. O EBITDA consolidado foi de R$ 401,4 milhões, com margem de 16,2%, crescimento de 15% em relação ao que foi registrado no primeiro trimestre de 2021.

O nível de demanda nos mercados de veículos comerciais e no segmento de reposição e o acréscimo de receitas de novas empresas adquiridas foram alguns dos fatores que impulsionaram o desempenho positivo do trimestre. “Nosso modelo de negócios diversificado nos permitiu manter as margens fortes e enfrentar os desafios do período, como os efeitos da inflação e da escassez de alguns insumos, além de eventos geopolíticos que afetam a economia como um todo. Isso só foi possível por um intenso trabalho realizado por todas as áreas da companhia”, destaca o CFO das Empresas Randon, Paulo Prignolato.

Outro destaque do trimestre foi o avanço das receitas do mercado externo, que aumentaram 48% no comparativo com o mesmo período do ano passado, alcançando US$ 99,9 milhões. “A demanda permaneceu positiva, apresentando crescimento em todas as verticais que atuam com mercado externo. Mesmo com a recente desvalorização do dólar frente ao real e dificuldades em algumas geografias, ainda vislumbramos boas oportunidades para os próximos meses”, observa Prignolato.

O trimestre foi marcado por importante movimento de captação de recursos para sustentar a estratégia de crescimento das Empresas Randon, com a 9ª emissão de debêntures no valor de R$ 500 milhões. E em abril, ocorreu o follow-on da controlada Fras-le, que levantou R$ 629 milhões para investir em novos projetos, no qual as Empresas Randon ampliaram para 52,57% sua participação no capital dessa controlada.


Continua depois da publicidade


Seguindo o movimento de evolução da governança, as Empresas Randon anunciaram um novo formato de divulgação de resultados, a partir deste primeiro trimestre de 2022. Agora os números e dados são apresentados em cinco verticais de negócios: montadora; autopeças veículos comerciais; controle de movimentos veículos comerciais e leves; serviços financeiros e digitais; e tecnologia avançada e headquarter.

ceo empresas randon
Sérgio L. Carvalho, CEO das Empresas Randon. Imagem: Alex Battistel/Divulgação

Para o CEO das Empresas Randon, Sérgio L. Carvalho, isso demonstra ao mercado a constante evolução dos negócios e crescimento acelerado da companhia, dando ainda mais foco na condução das operações, na execução da estratégia e no crescimento sustentável. “Esse novo formato é mais um passo para ampliar e reforçar a nossa governança, trazendo ainda mais transparência na divulgação dos nossos resultados e refletindo a maneira como fazemos a gestão dos nossos negócios internamente”, salienta.

Na análise da distribuição da receita líquida por vertical de negócio das Empresas Randon, o trimestre apresentou equilíbrio de representatividade entre elas. Entre os destaques, a vertical Montadora, que abrange as unidades de negócios de fabricação e montagem de implementos rodoviários e vagões ferroviários da Randon Implementos, representou 35,4% da receita. Já as verticais de Autopeças veículos comerciais, que reúne as operações das empresas Castertech, Suspensys, Master e JOST Brasil, e Controle de Movimentos veículos comerciais e leves, que engloba a Fras-le e todas as suas unidades controladas, alcançaram 34,9% e 25%, respectivamente. 




Comentários