Nova técnica da Trumpf reduz custos e aprimora corte de peças a laser

A TRUMPF apresentará uma nova técnica de corte a laser em sua feira interna INTECH, marcada para ocorrer entre os dias 17 a 20 de maio de 2022. Oferecendo maior eficiência e processo ainda mais confiável, o método de “Nanojunta” mantém as peças no lugar, usando uma nova tecnologia que não deixa marcas, como a conhecida “Microjunta”. Essas nanojuntas evitam que o material se desloque ou incline enquanto o laser está cortando as peças, evitando colisões.

As nanojuntas reduzem os custos e o uso de material e isso permite que os usuários agrupem as peças mais próximas e minimizem a quantidade de material que permanece no esqueleto. No caso de peças específicas, dependendo da forma, os usuários podem até mesmo juntar as peças de uma maneira que elimine completamente o desperdício de matéria-prima.

As nanojuntas também tornam mais rápido e fácil para os trabalhadores destacarem as peças da chapa. Na maioria dos casos, as nanojuntas também eliminam completamente a necessidade de trabalhos de acabamento, pois a marca que elas deixam quando as peças são destacadas da chapa é pouco visível. Em contraste, as microjuntas já conhecidas deixam danos no contorno muito mais visíveis, que posteriormente precisam ser corrigidos manualmente pela equipe de produção com lixadeiras entre outras ferramentas.

“Com a nossa tecnologia de nanojunta, os usuários podem melhorar a confiabilidade do processo de corte a laser, maximizar a qualidade das peças sem aumentar o tempo de corte e, com isso, tornar várias etapas do processo mais eficientes. É um ótimo exemplo de como a experiência da TRUMPF abrange toda a cadeia do processo de chapas metálica”, diz o gerente de produto da TRUMPF, Patrick Schüle.




Comentários