Carbon Blindados investe R$ 50 milhões na aquisição e na ampliação da fábrica de vidros Graffeno, em SP

Investimento na aquisição de planta produtiva de vidros blindados tem como objetivo recuperar competitividade do Brasil no cenário internacional.


Continua depois da publicidade


A CARBON Blindados, a maior blindadora de carros civis do mundo, anuncia investimento da ordem de R$ 50 milhões para os próximos 3 anos na verticalização da cadeia de suprimentos e na inovação tecnológica no mercado de blindagem automotiva. O aporte, via Private Equity, engloba a aquisição de uma planta produtiva de vidros blindados em Atibaia, no interior de São Paulo, a ampliação da capacidade produtiva da CARBON, localizada em Barueri (SP) e o desenvolvimento de novos produtos.

Vista aérea da fábrica da CARBON em Barueri (SP). Imagem: Divulgação.

Na compra da planta produtiva de vidros, cujo processo teve início em meados de 2020, a CARBON está aplicando R$ 25 milhões. Outros R$ 25 milhões serão investidos na expansão e modernização da estrutura de ambas as fábricas – que juntas somam aproximadamente 30 mil metros quadrados – na formação estratégica de estoque e em ações de fortalecimento da marca Graffeno acompanhando seu crescimento de mercado: somente para a CARBON, a marca teve crescimento de 140% nas vendas no segundo trimestre de 2021 sobre o mesmo período anterior.

Alessandro Ericsson, CEO da CARBON Blindados, explica que a estratégia da holding com a aquisição é expandir ainda mais o foco de tudo o que diz respeito à blindagem e seus insumos, trazendo para dentro de casa grande parte da cadeia produtiva. Em resumo, oferecer um serviço de suporte ao ecossistema da blindagem, uma vez que a experiência do cliente se baseia em prazo de entrega e qualidade percebida, como, por exemplo, o acabamento interno pós-blindagem, peso agregado e transparência óptica dos vidros balísticos aplicados.

“Estamos a pleno crescimento para nos consolidarmos definitivamente como a principal empresa de segurança no segmento de blindagem civil em todo o mundo. É um investimento bastante significativo e que nos levará a ter ainda mais controle de todo o ciclo do que oferecemos ao mercado, mitigando hoje latentes riscos de ruptura na cadeia produtiva. A nova gestão tem como lema focar totalmente na experiência do cliente. E, juntamente com esse posicionamento, um novo produto que oferecerá uma experiência inédita para o consumidor de carros blindados, com leveza e transparência imbatíveis”.

Com base nas perspectivas 2022

A aposta da CARBON Blindados para os próximos anos está amparada por uma previsão bastante positiva, que leva em conta diversos fatores: a retomada das montadoras de veículos em 2022, em função da demanda represada durante a fase mais aguda da pandemia; o crescimento do público premium e do mercado de luxo; além de maior estabilidade dos indicadores macroeconômicos, como dólar, inflação e juros. Projeções indicam que a empresa encerrará este ano com 3.740 veículos blindados e aumentará esse número até chegar a 5,3 mil em 2024, prazo previsto para finalizar o ciclo de investimentos.


Continua depois da publicidade


“Nossas projeções contemplam ainda a certeza de que, em breve, apresentaremos ao mercado um novo produto, revolucionário. Estamos colocando toda atenção no elemento transparência do vidro, trazendo não apenas inovação, mas também proporcionando um preço competitivo para o consumidor e para o concessionário”, garante Ericsson e assegura: “Estamos sem dúvida promovendo uma evolução no segmento, com produtos de alta tecnologia e uma nova dinâmica com valor agregado e linhas especiais para nossas parcerias com as diversas montadoras”.

Mercado de blindagem civil na contramão da crise

Com aproximadamente 13.900 veículos blindados em 2020, de acordo com dados da Associação Brasileira de Blindagem (Abrablin), o setor brasileiro de blindagem automotiva mantém sua posição de liderança global. O México como segundo maior mercado internacional representa menos de 33% em volume comparado ao nacional, tornando a proporção e os desafios desse setor únicos no mundo.

Para 2021, as últimas projeções da Abrablin apontam um crescimento de 36% no mercado brasileiro de blindados em relação ao último ano, retomando assim o patamar pré-pandemia de 2019. “Em quase todas as marcas há falta de veículos, principalmente nas categorias premium e ultrapremium. Temos procura de clientes para os mais diversos modelos e a constante reclamação da falta ou da longa espera para chegada dos carros”, avalia Lincoln Reis, sócio-fundador do grupo empresarial e chairman da CARBON. “Estimamos que a falta de carros gerou um impacto negativo de no mínimo 25% nos volumes. Ainda assim, a CARBON viu seu market share crescer de 16% em 2020 para quase 20% em 2021, ampliando ainda mais sua liderança”.

Parte desse crescimento se deve ao sucesso do modelo de parceria comercial estabelecido com mais de 300 parceiros ao redor do Brasil, bem como à chancela concedida à blindadora por grandes marcas, como Volvo, Toyota, Land-Rover e Jaguar. “Já somos a única blindadora do mundo com certificação de quatro grandes montadoras'', complementa Michel Haddad, head de marketing e comunicação da CARBON Blindados.




Comentários