Yaskawa Motoman do Brasil faz o lançamento do robô MPX3600 destinado para pintura automotiva

O novo robô MPX3600 é ideal para OEM automotivo, mas pode ser utilizado também em outras aplicações para pintura industrial.


Continua depois da publicidade


A fabricante de robôs multinacional japonesa Yaskawa Motoman do Brasil, lançou no País do robô MPX3600, projetado especialmente para pintura automotiva.

Segundo Márcio Garcia, Diretor de Soluções Robóticas da empresa, o novo robô MPX3600 é ideal para OEM automotivo, mas pode ser utilizado também em outras aplicações para pintura industrial. Com alcance horizontal de 2.893 mm e vertical de 5.182 mm, o novo robô permite uma ampla gama de aplicações, possuindo sistema de pintura total plug-and-play, com fácil instalação.

“O diferencial está na estrutura do braço robótico, desenvolvido especificamente para atender a demanda da aplicação de alto nível e complexidade na linha de pintura, permitindo muitas combinações de cores. As mangueiras e os cabos do robô possuem uma montagem interna, especialmente desenvolvida para aumentar o tempo de vida útil, diminuindo as paradas e os problemas de qualidade na linha, garantindo os mais altos níveis de desempenho e confiabilidade”, destaca Garcia.

A nova linha de robôs é ainda flexível, possuindo vários layouts e com três tipos de instalação: montagem no piso, em parede e em trilho linear piso e parede.

O robô MPX3600 opera junto com o Controlador DX200. O robô e o software específico para aplicações de pintura ficam sob controle integrado, apresentando as seguintes funções:

  • Coordena a operação do robô e dispositivos de pintura, incluindo atomizador de spray, trocador de cor e bomba de engrenagens.
  • Suporta instruções de controle de pistola/aplicação e arquivos programáveis dos parâmetros de pintura, tornando muito mais fácil e amigável para os usuários.
  • Redes Compatíveis: Ethernet, Ethernet IP, CC-Link, Device Net, Ethercat, Profinet.

O DX200 está disponível com Unidade de Segurança Funcional (FSU) programáveis por zona (cubos), com nível de Desempenho de Categoria 3 (PLd), apresentando controle de velocidade com classificação de segurança; eixo flexível com classificação de segurança e limitação de espaço; e parada do monitor com classificação de segurança.


Continua depois da publicidade


“Além de permitir uma operação segura em cabines de pintura menores e estreitas com operações manuais adjacentes, essas funções de segurança podem ser utilizadas para economizar custos e reduzir espaço nas aplicações”, conclui Garcia.




Comentários