Merlin Labs, apoiado pelo Google Ventures, revela tecnologia de avião autônomo

Merlin Labs anunciou planos para implementar sua tecnologia em aviões King Air.

Conheça a Merlin Labs, uma empresa que permaneceu nas sombras até agora. Na quarta-feira (26), a empresa saiu do "modo furtivo" para se apresentar, graças a uma bem-sucedida rodada de financiamento para sua tecnologia de avião autônomo. O Merlin Labs não está realmente construindo um avião físico, um carro voador ou eVTOL  - mas, em vez disso, está de olho em uma tecnologia totalmente autônoma para aeronaves voarem sozinhas. 

A empresa nomeou seus investidores iniciais, que incluem o Google Ventures entre muitos: Não temos valores específicos em dólares, mas sabemos que essa rodada inicial de investimentos garantiu US$ 25 milhões. Com este financiamento, a Merlin Labs planeja implementar sua tecnologia autônoma em uma frota de aviões King Air para provar seu valor.

Até agora, a startup disse que executou várias "missões autônomas em vários tipos de aeronaves", incluindo aeronaves turboélice como aviões King Air. A tecnologia a bordo concentra-se na autonomia total a bordo, em vez da pilotagem remota, o que ajuda a Merlin Labs a se destacar.

A frota de 55 aeronaves King Air vem da Dynamic Aviation, que trabalhará com a Merlin Labs para testar a tecnologia autônoma, provavelmente nas instalações de voo da empresa no Mojave Air & Space Port, na Califórnia. O objetivo é trazer um sistema autônomo certificável para aeronaves de asa fixa. Se isso acontecer, seria uma virada de jogo para as viagens aéreas.

O Merlin Labs pode ser novo, mas agora é oficialmente um para observar - especialmente com o apoio de uma empresa como o Google.

*Artigo original de Sean Szymkowski, do site CNET.com.




Comentários