Schulz lança aplicativo Seletor de Compressores

Novidade foi desenvolvida em PWA (Progressive Web App), tecnologia que permite a utilização on-line do aplicativo via web.

A Schulz acaba de lançar o seu aplicativo Seletor de Compressores Schulz. A nova ferramenta foi desenvolvida especialmente para ajudar usuários na escolha do compressor de ar mais adequado para sua necessidade. Simples e intuitivo, o novo aplicativo oferece recomendações de produtos com base nas informações de uso e aplicação do ar comprimido.

Para utilizar o aplicativo, basta acessar o link no navegador do celular ou tablet, informar o tipo de aplicação, finalidade de uso e ferramentas pneumáticas utilizadas e em poucos segundos o sistema mostra as opções de compressores da Schulz mais adequadas para a necessidade do usuário. Além das recomendações de produtos, a ferramenta apresenta ainda informações completas sobre o compressor – como descritivo, ficha técnica e arquivos para download, tudo isso na palma da mão com muita praticidade.

Outra grande vantagem do aplicativo Seletor de Compressores Schulz é que ele não requer download na loja de App, sendo totalmente gratuito. Desenvolvido em PWA (Progressive Web App), essa tecnologia permite a utilização online do aplicativo via web, ou seja, um site mais leve e adaptado ao modelo mobile, tornando a usabilidade mais simplificada.

Sobre a Schulz Compressores

A Schulz Compressores é a maior fabricante de compressores de ar da América Latina. É uma empresa genuinamente brasileira e catarinense, com matriz em Joinville (SC), e reconhecida como uma das mais completas fábricas de compressores de ar do mundo. A empresa oferece ao mercado residencial, profissional e industrial uma linha completa na geração, tratamento e armazenamento de ar comprimido. Além de compressores alternativos de pistão, diafragma e parafuso de 5 a 250 hp, dispõe de secadores de ar por refrigeração e adsorção, filtros de linha e coalescentes, separadores de condensado, ferramentas pneumáticas e acessórios para aplicações residenciais, profissionais e industriais.

Tópicos:



Comentários