Suzano inaugura fábrica no ES que contou com investimentos na ordem de R$ 130 milhões

A Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, inaugura hoje (22) a fábrica de papéis sanitários de Cachoeiro de Itapemirim, no sul do Espírito Santo. A unidade demandou investimentos de R$ 130 milhões e tem capacidade para produzir 30 mil toneladas anuais de papéis higiênicos, o que equivale a 15 mil fardos por dia ou 1 milhão de rolos por dia.  

A nova fábrica adotou equipamentos de última geração, com elevado grau de automação e integrando informações dos equipamentos e do processo. O projeto tem foco na eficiência operacional e na qualidade e está alinhado ao conceito de Inovabilidade da Suzano, que coloca a Inovação a serviço da Sustentabilidade. 

A unidade Cachoeiro de Itapemirim, a 11ª fábrica da Suzano, ficará responsável pela conversão do papel tissue que é produzido na Unidade Mucuri (BA) em papéis higiênicos de folhas duplas e tripla das marcas Mimmo e Max Pure. Esses produtos atenderão principalmente a demanda dos mercados da região Sudeste a partir de um aumento de 30% na capacidade de produtos acabados da Suzano. 

A companhia possui ainda quatro unidades de bens de consumo que atendem principalmente os mercados das regiões Norte e Nordeste. Elas estão instaladas em Mucuri, Imperatriz (MA), Belém (PA) e Maracanaú (CE). 

“Estamos com as duas linhas da nova fábrica já em operação e com elevado nível de produtividade. É um aumento relevante em nossa capacidade de ofertar papéis higiênicos de folhas dupla e tripla aos consumidores brasileiros, as linhas de produto que mais têm crescido no país”, afirma o Diretor executivo de Bens de Consumo e Relações Institucionais da Suzano, Luis Bueno.  Os primeiros rolos de papel higiênico da Unidade Cachoeiro começaram a ser produzidos em fevereiro. 

A construção da fábrica, iniciada no ano passado, gerou 300 empregos diretos. A unidade contará com 170 colaboradores, dos quais aproximadamente 60% de pessoas da própria região do sul do Espírito Santo. Como parte da premissa da Suzano de valorizar a diversidade e inclusão, 34% dos cerca de 80 colaboradores já em atividade no local são mulheres e 33% são negros. 


Continua depois da publicidade


Em função da especificidade do conhecimento e habilidades requeridos, os colaboradores e colaboradoras contratados(as) passaram por treinamento no Senai de Cachoeiro de Itapemirim, além de treinamento prático na Unidade Mucuri. A Suzano também realizou um amplo movimento de capacitação de empresas parceiras na região. 




Comentários