Horsch investe R$ 200 milhões no Paraná para ampliar operação mundial de máquinas agrícolas

Fábrica de Curitiba será um Hub para a América Latina.


Continua depois da publicidade


A Horsch, fabricante de equipamentos para preparo de solo, plantio, semeadura, pulverização, agricultura híbrida, logística e inteligência, consolida sua presença no Brasil e na América Latina com construção de sua primeira fábrica no continente sul-americano. Com um investimento de R$ 200 milhões, a empresa alemã anunciou que iniciará a construção da sua fábrica na Cidade Industrial de Curitiba, no Paraná. Na unidade serão fabricadas todas as suas linhas de produtos destinadas ao mercado Premium.

Hoje, a Horsch está instalada em uma área de 18 mil m², e gera 120 empregos diretos e outros 1.000 indiretos. Até o momento, para implantar a primeira fase, já foram investidos R$ 50 milhões.

“Com a nova fábrica entrando em operação, o que está previsto para início de 2023, a geração de novos postos de trabalho diretos e indiretos será bem maior”, ressalta o Diretor Geral da Horsch do Brasil, Rodrigo Duck. Com a fábrica em plena função, apenas o mercado brasileiro já irá representar uma posição significativa para o resultado geral do grupo no mundo.

“Hoje, operamos com a montagem de máquinas e componentes, e com esse lançamento oficial no Brasil da Adubadora e Plantadeira, vamos estreitar nossa relação com os produtores”, explica.

A empresa possui três fábricas na Alemanha (matriz), além de outras na Rússia, EUA e agora no Brasil. Escritórios de administração e vendas na França, Reino Unido, Polônia, Canadá, China e Ucrânia. 

“Agora já estamos prontos para iniciar uma expansão sólida no país, que vem sendo um grande laboratório para tornar nossa capacidade de adaptabilidade ainda mais rápida e precisa para às necessidades produtivas dos diferentes cultivos e regiões brasileiras”, afirma Duck.

Autonomia, desempenho, precisão, qualidade robustez, durabilidade e baixa manutenção são qualidades reconhecidas mundialmente por todos que atuam no segmento e se tornou marca nos produtos Horsch, ressalta a empresa em comunicado.


Continua depois da publicidade


“Estes quatro elementos juntos formam nossa força e o foco no cliente, nosso DNA. É isso que nos move. Por isso somos diferentes. E é isso que queremos oferecer ao mercado brasileiro. Soluções trazendo as funcionalidades específicas para a necessidade de manejo dos cultivos das regiões”, explica Duck. O executivo diz ainda que a empresa vai produzir no Brasil máquinas com avançadas tecnologias como Inteligência Artificial que consegue aprender e resolver no mais rápido instante, problemas que acontecem no campo, durante a operação.




Comentários