Prefeitura de BH já vai usar biodiesel na sua frota


Continua depois da publicidade


Fonte: Ambiente Brasil (www.ambientebrasil.com.br) - 05/03/07

O prefeito Fernando Pimentel sancionou a Lei Municipal 9.340,  que institui o Programa Biodiesel de Belo Horizonte. A partir de agora, todos os  veículos da administração direta e indireta da Prefeitura, inclusive os  terceirizados, vão rodar utilizando biodiesel misturado ao óleo diesel, numa  proporção de 2%. Em breve, o programa será estendido aos mais de três mil ônibus  gerenciados pela BHTrans, que consomem cerca de sete milhões de litros de óleo  diesel por mês e vão usar cerca de 140 mil litros de biodiesel no mesmo período. 

Segundo o vice-prefeito e coordenador do Comitê Municipal de  Mudanças Climáticas e Ecoeficiência, em fase de implantação, Ronaldo  Vasconcellos, o uso de biodiesel traz vantagens econômicas e ambientais. "Além  de diminuir a emissão de gases poluentes na atmosfera, a utilização do biodiesel  gera emprego e renda, pois é preciso produzir e comercializar as plantas  oleaginosas que dão origem ao biocombustível", afirma. Além disso, a medida  reafirma o caráter tecnologicamente inovador de Belo Horizonte e torna a cidade  um pólo de difusão e pesquisa de combustíveis renováveis.
A lei municipal antecipa na capital mineira uma regulamentação  federal, que determina que todo o diesel do país deve ter 2% de biodiesel a  partir do ano que vem. Em Belo Horizonte, a meta é aumentar gradativamente a  proporção de biodiesel na mistura, potencializando as vantagens do programa.

O  biodiesel é um biocombustível que substitui o diesel derivado do petróleo e pode  ser produzido a partir de matérias-primas como mamona, pinhão manso e nabo  forrageiro, entre outras plantas oleaginosas.



Comentários