Schunk apresentará como automatizar a indústria brasileira na Mecânica

O tema da coletiva será “A transformação da indústria brasileira ao patamar das mais automatizadas do globo”


Continua depois da publicidade


É bem verdade que um dos temas mais tratados ultimamente no setor industrial brasileiro é a Indústria 4.0 ou Manufatura Avançada. Mas, ao contrário do que muitos pensam, ainda estamos muito distantes desta realidade.

A Schunk Intec-Br, subsidiária brasileira da alemã Schunk GmbH & Co. KG, líder competente em tecnologia de fixação e sistemas de garras, abordará o assunto em coletiva de imprensa organizada pela matriz e subsidiária, com cooperação do chefe de comunicações de marketing regional da Ásia e Américas, Martin Werkmeister. A coletiva ocorre no dia 19 de maio, durante a Mecânica 2016, com o tema “A transformação da indústria brasileira ao patamar das mais automatizadas do globo”.

De forma aberta e clara, os representantes da cománhia irão mostrar a realidade da indústria nacional versus o conceito da Indústria 4.0. “É um conceito que foi criado pelos alemães, um projeto diretor de manutenção do desenvolvimento da indústria germânica. Mas, na verdade, a Indústria 4.0 ainda não existe efetivamente em nenhum lugar do mundo, apenas há empresas que estão mais próximas disso ou se preparando para chegarem o quanto antes a esse nível de manufatura avançada”, afirma o coordenador de vendas da Schunk Thales Cortez.

O objetivo da empresa é apresentar de forma clara como e o que as empresas brasileiras precisam fazer para conseguir seguir nessa direção de desenvolvimento. “O processo desta automatização é lento, passa por diversas fases e depende de algumas premissas. Uma empresa que hoje vive, ainda, na Indústria nível 2.0 precisa se preparar gradativamente para chegar ao nível 4.0. A Schunk, por conta de projetos na matriz alemã e de novos projetos que estão se iniciando no Brasil, possuí experiências e know-how para auxiliar as empresas que querem se automatizar gradativamente”, diz Mairon Anthero, diretor administrativo da companhia.

E neste processo de revolução e automação industrial, a empresa quer mostrar como a sua experiência e casos de sucesso podem ser úteis, e até mesmo fundamentais, para a obtenção de uma indústria mais produtiva, eficiente e sem tempo perdido.  “Vamos para um exemplo: uma fábrica pequena de peças estampadas precisa se automatizar, mas ela não sabe como fazer. Nós podemos ajudá-los, com produtos apropriados, desde um processo automatizado simples até um altamente complexo, etapa por etapa. Por que não é apertar um botão e já se transforma em Indústria 4.0. Nossa ideia é mostrar o caminho que as indústrias no Brasil estão tomando para se automatizar e, mais do que isso, auxiliar estas empresas neste percurso.”, finaliza Thales.


Continua depois da publicidade



Serviço
O que:
Coletiva de Imprensa da Schunk na Mecânica 2016
Tema: A transformação da indústria brasileira ao patamar das mais automatizadas do globo
Data: 19 de maio (quinta-feira)
Horário: 14h
Local: Parque de Exposições do Anhembi, São Paulo
Endereço: Av. Olavo Fontoura, 1209




Comentários