Makino inaugura a próxima geração de máquinas para produtividade de usinagens grandes

A empresa apresentou o novo centro de usinagem horizontal a81nx em Ohio, Estados Unidos.


Continua depois da publicidade


A Makino acaba de apresentar ao mercado mundial o novo centro de usinagem horizontal a81nx. O lançamento foi feito no início deste mês de abril, na sede da companhia, em Ohio/ EUA. À semelhança de outros centros de usinagem horizontais das Séries nx (a51nx e a61nx), o a81nx amplia os recursos do seu antecessor série 1 com aumento da capacidade de usinagem, maior rigidez e estabilidade, melhoria da produtividade e maior confiabilidade.

"O a81nx se baseia no sucesso da plataforma a81 original e estabelece um novo padrão para o desempenho de usinagem de grande porte", diz Dave Ward, gerente de linha de produtos horizontal da Makino. "Fizemos melhorias na base  e colunas fundidas da máquina, expansões no magazine de ferramentas e cursos do eixo Y, evoluímos o spindle para uma aceleração mais rápida e redução dos tempos de desaceleração, além de uma série de recursos e avanços adicionais para garantir maior ergonomia, manutenção e disponibilidade da máquina", explica.

Quando se trata de usinagem de peças grandes, uma área de trabalho limitada pode prejudicar até mesmo os processos e tecnologias de corte mais eficientes. Esta é a razão pela qual o a81nx apresenta uma extensão de 100 mm de coluna do eixo Y, permitindo o curso dos eixos X, Y de 900 mm respectivamente, e eixo Z em 1020 mm. O aumento do curso do eixo Y é especialmente benéfico para peças automotivas, como blocos de motores e cabeçotes, onde as superfícies de contato crítico exigem passes de usinagem únicos para vedação ideal.

Peças grandes também exigem geralmente um volume substancial de recursos dos equipamentos onde a acessibilidade rápida a diversos tipos e tamanhos de ferramentas é fundamental para uma boa produtividade. O centro de usinagem horizontal Makino a81nx fornece um robusto trocador automático de ferramentas (ATC), que é projetado para lidar com ferramental de maior diâmetro, mais longo e mais pesado. Essa grande capacidade de ferramenta garante que as autopeças, usinadores e fabricantes de peças em geral sejam capazes de produzir de forma eficiente uma variedade de peças grandes, com variadas características.

Melhores Capacidades Produtivas

Para melhorar a velocidade e a produtividade, o a81nx é equipado de fábrica com um fuso de 10.000 rpm a até 45 KW de potência. Os níveis de potência nominal aumentaram 25 por cento em relação ao modelo anterior. A Makino reduziu drasticamente os tempos de aceleração e desaceleração do spindle, que representam um ganho de 20 a 30 por cento nos processos de roscamento.

 Uma configuração opcional de alto torque do fuso de 8.000 rpm também está disponível para os fabricantes que trabalham com metais duros. Esta opção de fuso oferece 19 por cento de potência a mais do que a versão anterior, permitindo aos fabricantes operar em condições de corte mais agressivas com materiais ferrosos e outros de difícil usinagem.

Outros recursos de produtividade avançada do a81nx incluem um novo modo de servo controle que pode reduzir o tempo de usinagem de bolsões tanto em aços como alumínio, e um novo magazine para 80 ferramentas, com trocador automático do tipo corrente que diminuiu tempos de busca do ferramental.

Rigidez Aprimorada e Confiabilidade

Os centros de usinagem Makino da Série 1 têm uma reputação de resistência e tenacidade. As máquinas das Séries nx elevaram este projeto comprovado a novo patamar tecnológico para aumentar a rigidez e a confiabilidade dos processos, com vários recursos novos e avançados.
 
A base da a81nx, colunas e mesa fundidas foram construídas com qualidades, incluindo um aumento da altura do degrau entre a frente e a parte traseira da guia linear do eixo X para melhorar a força e aumentar a aceleração. Para uma maior rigidez e confiabilidade na operação de cargas mais elevadas, a máquina usa guias de movimento linear do tipo roller. A mesa do eixo B da81nx está disponível em duas configurações. Cada configuração foi redesenhada para melhorar a rigidez, incluindo um diâmetro maior de acoplamento cônico na base e a utilização de um rolamento do tipo three-roller na mesa giratória do NC para aumentar a rigidez e o apoio de empuxo.

Com milhões de trocas de ferramentas que ocorrem durante a vida de uma máquina, a confiabilidade do ATC ​​é crucial. As máquinas das Séries nx apresentam servo motor de alta velocidade que aciona a porta do trocador de ferramentas ATC, melhorando a capacidade de resposta e a facilidade de instalação e manutenção. O eixo servo também reduz a interferência do ATC ​na área de trabalho. As adições de ar comprimido para as estações de limpeza do cone e cassetes de ferramentas garantem que todas as ferramentas estejam limpas e bem encaixadas no fuso. O resultado é maior confiabilidade e ambientes ATC mais limpos.

Ergonomia para Facilidade de Manutenção

Para alcançar o máximo de eficiência, as máquinas devem ser projetadas para fornecer aos operadores um ambiente de trabalho confortável e operação amigável. O design ergonômico da porta em forma de L da a81nx oferece aos operadores uma maior acessibilidade ao fuso, maior visibilidade para a inspeção da ferramenta ou peça e prevenção do gotejamento do líquido refrigerante na entrada. Além disso, os recursos de manutenção preventiva na a81nx foram realocados para painéis em uma área concentrada na parte traseira da máquina, de fácil  acesso.

 A porta de segurança do trocador automático de paletes (APC) tem uma altura ajustável para o painel de operação e pode ser movida para coincidir com o nível de plataforma de trabalho. Uma estação de carga de peças mais ampla melhora o carregamento de grandes peças e equipamentos e permite fácil limpeza dos cavacos.

 A adição de uma estação de carregamento de ferramenta em todos os magazines ajuda a melhorar a ergonomia de manuseio de ferramentas grandes e pesadas​​. Um painel de interface homem-máquina do tipo touch também está disponível em todos os ATCs com capacidade para 80 ferramentas ou mais, tornando fácil gerenciar as especificações das ferramentas, enquanto estão no magazine ATC.

Tópicos:



Comentários