Nasa apresenta projeto final de avião supersônico

A Nasa apresentou o modelo final do seu avião supersônico silencioso, anunciado há pouco mais de um ano.


Continua depois da publicidade


O resultado é fruto do trabalho do programa QueSST (Quiet Supersonic Transport - Transporte Supersônico Silencioso), cujo objetivo é viabilizar um jato de passageiros que possa atingir velocidades supersônicas sobre a terra, ao contrário do Concorde, que só ultrapassava a velocidade do som sobre o mar por causa da explosão sônica - ou boom sônico -, que poderia destruir janelas e causar outros acidentes.

O avião supersônico, que a Nasa chama de X-Avião, está sendo projetado para, ao ultrapassar a velocidade do som, gerar apenas uma "batida" suave, e não um estrondo com potencial destrutivo. Em velocidades normais, ele deverá ter o mesmo padrão de ruído que os aviões convencionais.

X-Avião real

O protótipo deverá voar sobre áreas residenciais para permitir coletar os dados necessários para que as autoridades reguladoras avaliem o voo supersônico sobre a terra nos Estados Unidos e em outros lugares do mundo.

Ele será baseado no modelo em escala, medindo 1,8 x 2,4 metros, construído pela Lockheed Martin, que passou pelos primeiros testes de velocidade supersônica no túnel de vento do Centro de Pesquisa Glenn, da NASA.


Continua depois da publicidade


"Gerenciar um projeto como este tem a ver com superar um marco depois do outro. Nossa forte parceria com a Lockheed Martin nos ajudou a chegar até este ponto. Agora estamos um passo mais perto de construir um X-avião real," disse David Richwine, gerente do projeto QueSST.

Até o final do ano a Nasa deverá divulgar o processo de solicitação de propostas para construção de um modelo monomotor pilotado do avião X. A previsão é que o contrato seja assinado no início de 2018 e os primeiros testes de voo do avião supersônico comecem em 2021.




Comentários ()